Princípios Éticos, Caráter e Idoneidade...

"A economia tem como diferencial
a sua volúpia e disfunções pré-arranjadas e moldáveis."

O que significa isso!?!

A economia, figura aqui,
como economia moderna liberal contemporânea
(fundamentos e técnicas modernas de trocas,
comercio, investimento, operações de crédito
e débito e avaliações e correções de valores monetários.

A volúpia, figura aqui,
como um adjetivo que representa
um movimento rápido e efêmero,
sem constância ou controle.

As disfunções pré arranjadas e moldáveis, figuram aqui,
como a criação e manutenção de meios corrosivos próprios ao sistema,
manipuláveis por entidades e indivíduos para fins outros
que não o de suas funções corretas.

O que quero dizer com isso?!?

Que o processo o funcionamento da economia mundial neoliberal,
segue não regras, não controles, não desempenhos, não auxílios...

O termo Economia designaria o estudo para controle,
o controle para domínio, o domínio para evitar a falta
e o evitar a falta para não causar perdas civis
(pessoas e bens coletivos).

Contudo,
o que temos é um apanhado de fórmulas de controle discriminado,
com ações por grupos específicos para o alto desempenho
de grupos específicos.

A única variante real é a do "Grupo da Vez".
Como ela é indistinta em apresentar e fornecer seus cálculos
da melhor ação em prol de si mesmo (ou seu grupo),
diversos grupos e pessoas brigam entre si
para ficar por cima, e mamar à vontade.
Por cima, significa também, em cima,
que não esconde a realidade
daqueles que terão suas cabeças empurradas para o chão,
pelos pés dos demais, que querem ficar mais altos.

Muitos acabam soterrados,
pois o esquema se estabelece em forma de pirâmide,
com os de baixo sustentado os de um nível acima
e assim por diante....

Se vocês não perceberam,
o título deste artigo trata da postura humana recomendada,
e não de economia.

Pois bem...,
o que tem isso a ver com Economia.
É claro, para quase todos as pessoas
que adjetivos como sociedade, grupo, povo, empresa,
governo, representam coletividades de indivíduos.

"O que vemos de defeito do todo,
não é e não será somente uma característica
de coletividades, mas sim,
representam a condição geral (ou em maioria),
dos indivíduos que a ele pertencem.

Justamente,
o que parece faltar a essa maioria,
é o que dei por título.

O PRINCÍPIO FILOSÓFICO do termo HUMANIDADE,
hoje bem esquecido,
não representa o conjunto de humanos,
mas sim a qualidade de humanos.

Alguns a taxaram de bando de lobos,
mas os lobos não atacam
os próprios membros de seu grupo.

A Ética,
representa o senso de humanidade no sentido positivo,
daquele que por raciocinar e conhecer,
protege e respeita os seus, com igual valor,
como a ele mesmo.

Deste contrato, dito social,
advém a supremacia da humanidade
e sua contínua sobrevivência.

Sua postura é digna e honrada
(se mantém como promessa realizável)
e sustem o grupo pela confiança
e respeito mútuo.