Minha Sociedade

Venho de um tempo,
onde não haviam portas,
apenas os arcos e buraco na parede...

Não haviam detentores e nem detentos,
nem crime, nem criminosos...

Havia dispor e disposição...
Não existiam celas nem separação...

Haviam partes particulares sim,
mas, no Todo, elas sempre se encontravam...

Não falo de um lugar ou tempo,
mas do eterno que vivo em um pensamento...
Não é só na Mente, como se fosse uma loucura,
mas na Paz tranquila de um sentimento bom...

Por que não realizá-lo, por em prática?
Porque ainda não conseguimos pensar e viver...
talvez, por Isso, vivemos sem pensar,
e ao pensar, vemos que nada vivemos...

Mas se um pensamento, ao falar se comunica,
em minha Mente, vejo um meio de fazê-lo...
Se abandonássemos todos os procedimentos que nos separam
e nos dedicássemos a tudo aquilo que nos congrega,
poderíamos ter um momento perfeito...

Porém a vida não é feita só de momentos...
Mas saibam, a Eternidade o é...