Eleições

Estamos em plena época de eleições. Fico perplexo em ver o quanto a memória de nosso povo é curta... foram eleitas pessoas que já demonstraram do que são capazes:

Roubar, Mentir, Falsear, Trapacear, Iludir, etc...

Fico triste ao ver que ainda merecemos estes governantes...
Sim, pois...

"Cada povo tem o governo que merece..."

Parece que nos acostumamos tanto a sermos submissos,
que pedimos mais açoite...
Será que algum dia,
poderemos esperar realmente por uma vida melhor,
que não venha por prêmios de loteria...

Por que não pensamos melhor,
na hora em que temos
o poder e o direito
de influirmos no destino..?..?
Por que não acordamos pela manhã e dizemos:

Hoje será diferente. Não quero esmolas...

Pois cabe AUM povo,
governar a si mesmo,
proteger os seus direitos,
zelar por eles,
e usá-los.

Ainda há tempo...
ao menos, em parte,
pois ainda resta
uma grande decisão...
Pela primeira vez,
um homem de origem humilde,
pode ter a chance de chegar ao poder...

Ele não tem estirpe,
graduação,
mas tem coragem...

Ele vira chacota na boca daqueles
que têm ou tiveram estirpe algum dia,
mesmo não tendo mais nada hoje...

Ele vira piada na boca daqueles
que mesmo penando com a falta de dinheiro,
riem-se dele,
de seu apelido,
de sua pouca educação...

Ele não é mais nem menos do que ninguém..
Ele é apenas UM DE NÓS...

Zombam de sua bandeira vermelha...
Mas quem já carregou pedra para se sustentar,
sabe que o sangue que corre nas veias é vermelho,
e não azul.
Que o sol da manhã
é amarelo forte,
E não há nenhum jardim verde por perto,
para se descansar...

Eu não direi meu voto, nem seu nome,
mas quem souber Ler hUmiLdemente estA estória,
LerÁ...



Contenda:

A justiça eleitoral deveria punir aqueles que ferem nossa bandeira, colocando seus nomes no centro dela, como se o país fosse propriedade deles...

Opiniões do Autor
23 de Outubro de 2002 - Véspera das Eleições
"WWW.AMENT.COM.BR"