Homenagem



Aos grandes Homens que ainda existem
e
Às grandes Obras que ainda almejam erigir








Gentil Ser
Que a Todos fez...
Conduzi-me à Rota
Daqueles que não voltam mais...

Mas,
Eu como Filho
Gerado da Substância
Que como Mãe Transforma
Calai-me do que Rogo,
Se a outro,
Bem não faz...

Daí me Primeiro,
O que de Mim Queres
Pois como teu filho,
Sou Irmão com os demais.:


Escrito em 11/10/2004 - Texto d'Ament - A Voz que voz fala!

OBS: Este texto pode ser divulgado,
mas, mantenham o endereço da fonte: " www.ament.com.br"